49 99177-1178   contato@pedrosaprevidencia.com.br

CONTATE O ESCRITÓRIO ONLINE!

Pedrosa Responde

  • Vilson Pedrosa
  • 29 de novembro de 2019

Pedrosa Responde #2: (LIVE DO DIA 28/11/19 - NOVA PREVIDÊNCIA)

Você assistiu a LIVE e enviou sua questão. Ao vivo muitas vezes em razão do tempo não consigo dar a melhor resposta e alguma pergunta fica sem resposta, dado a dinâmica com que as perguntas são formuladas. Assim pensei neste quadro - PEDROSA RESPONDE - onde respondo sua questão de forma mais completa.

 

 

 

Basta acessar seu nome por ordem alfabética e se ao final desejar responder os questionamentos e complementar, pode enviar pelo Escritório Online:


>>>>>ACESSAR ESCRITÓRIO ONLINE<<<<<

 

A

Alexsander Souza: Idade 49 e 24 anos de vigilante.

Pedrosa: Olá Alexsander, ao que tudo indica você está próximo da tão esperada aposentadoria. Você já possui algum PPP em mãos? Se preferir posso te ajudar! Para mais informações acesse clicando AQUI ou https://geni.us/Pedrosa

 

Antonio de Lima Barbosa: Tenho 43 anos de idade e 22 anos de vigilante, eu me encaixo em alguma regra?

Pedrosa: Olá Antonio! Infelizmente você não se encaixa em nenhuma das regras de transição criadas pela reforma, pois não possui tempo de contribuição suficiente e nem idade para que tenha o direito a alguma delas. Você possui períodos em outras atividades? Entre em contato comigo! Para mais informações acesse: https://geni.us/Pedrosa

 

Abimael Pereira Filho: Tenho 21 anos de vigilante e 46 anos de idade.

Pedrosa: Olá Abimael, infelizmente você ainda não possui direito as regras de transição criadas pela reforma da previdência. Você possui outros períodos em outras atividades?Para mais informações acesse: https://geni.us/Pedrosa

 

Aelson Lafaete: Comente sobre o projeto de lei 245.

Pedrosa: Olá Aelson, o projeto de lei número 245/2019 dispõe sobre a aposentadoria especial do vigilante, o mesmo está em tramitação no Senado Federal para ser analisado e discutido pelos senadores, após sua aprovação ele seguirá para análise na câmara dos deputados. O projeto em si determina quais serão as categorias e quais serão as condições para se ter direito a aposentadoria especial como idade e tempo de contribuição. Quanto tempo de atividade você possui? Para mais informações acesse: https://geni.us/Pedrosa

 

Agnaldo Anjos: Eu tenho 59 anos e 30 anos de contribuição só na área de vigilante já posso me aposentar?

Pedrosa: Olá Agnaldo, ao que tudo indica você pode ter a possibilidade de requerer a sua aposentadoria. Você já possui os Perfis Profissiográficos Previdenciários (PPPS)? Entre em contato comigo que eu posso lhe ajudar! Para mais informações acesse: https://geni.us/Pedrosa

 

Alisson Irineu: Estou entrando na área de vigilância. tenho 27 anos. Eu me enquadro na questão verdade e amarelo?

Pedrosa: Olá Irineu, a medida provisória 905/2019 que trata do contrato verde e amarelo não afeta a categoria de vigilantes, pois em seu artigo 17 diz que categorias submetidas a legislação especial não serão afetadas pela mesma. A categoria de vigilantes é submetida a lei especial 7102/88, portanto não será afetada. Para mais informações acesse: https://geni.us/Pedrosa

 

Antonio Venancio: Como vai ficar os vigilantes que não usam arma?

Pedrosa: Olá Antonio, a aposentadoria especial para vigilante tinha até o mês de outubro um entendimento onde eram considerados especiais os períodos em que se era exercida a profissão de vigilante desarmado. Porém com a reforma a proposta do governo era que não se fossem mais considerados especiais esses períodos. Com o vai e vem da reforma decidiram então mudar a proposta e permitir que fossem especiais tanto armado quanto desarmado, porém irá ser analisado mais a questão da categoria de trabalho. Por fim o Superior Tribunal de Justiça decidiu suspender todos os processos que envolvem aposentadoria especial para vigilantes, até que decidam esta questão. Estamos aguardando a decisão, você possui quanto tempo de atividade? Para mais informações acesse: https://geni.us/Pedrosa

 

Arcanjo Costa: Qual valor dos salários aposentadoria com 25 anos e 65 anos na nova previdência?

Pedrosa: Olá Arcanjo, o cálculo para aposentadoria tanto especial quanto comum, será feito utilizando 60% de todas as suas contribuições e somado 2% a mais por cada ano que ultrapasse os 20 anos de contribuição. Quanto tempo de atividade você possui? Para mais informações acesse: https://geni.us/Pedrosa

 

C

Celio Adriano Silva: Pedrosa, tenho 21 anos e meio de vigilante armado e 48 anos de idade, morei na roça até os 18 anos, o que você me aconselha a fazer? Abraço, obrigado!

Pedrosa: Olá Célio, no seu caso você já possui os PPPs em mãos e a documentação que comprove o seu período rural para aposentadoria? O correto seria reunir a documentação rural, converter seu tempo especial em comum e somar o com período rural. Entre em contato comigo! Para mais informações acesse: https://geni.us/Pedrosa

 

Charles Paixão: Eu tenho 10 de vigilante e 7 cobrador de coletivo, minha idade é 50 anos posso me aposentar?

Pedrosa: Olá Charles, infelizmente você não possui os requisitos para aposentadoria e também não possui os requisitos para entrar em uma das regras de transição criadas pela reforma da previdência, o correto será aguardar a aprovação do projeto de lei 245/2019 que está no senado para que se veja se será criado uma nova regra de transição. Para mais informações acesse: https://geni.us/Pedrosa

 

Cristiano Correia: Rio de janeiro. tenho 20 anos como vigilante e 46 anos, mais nada. como funciona o sistema de pontos ?

Pedrosa: Olá Cristiano, o sistema de pontos da aposentadoria especial é feito somando a sua idade no caso seus 46 anos + seu tempo de contribuição especial os 20 anos, totalizando 66 pontos apenas. São necessários 86 pontos no ano de 2019 para se obter o direito à aposentadoria especial por pontos. Você exerceu atividade em outras funções? Para mais informações acesse: https://geni.us/Pedrosa

 

E

Edivaldo Lima: Tenho 57 anos e 34 e 6 meses consigo me aposentar quando?

Pedrosa: Olá Edivaldo, no seu caso teriam que ser verificados os períodos e atividades que você exerceu para se ter certeza, o correto seria realizar o seu cálculo previdenciário. Entre em contato comigo para que eu possa lhe ajudar. Para mais informações acesse: https://geni.us/Pedrosa

 

Edmilson Morais: Tenho 21 vigilante 4 anos de força armada consigo dar entrada?

Pedrosa: Olá Edmilson, pelas informações que você passou, tem o direito de entrar na regra de transição de pedágio 50%, pois já atinge os 33 anos necessários para a regra. Nessa regra você trabalha o restante para o tempo de contribuição de 35 anos e trabalha mais 50% desse tempo como forma de pedágio. Para mais informações acesse: https://geni.us/Pedrosa

 

Emerson Guerra: Com 25 anos de vigilante ,e 51 anos. consigo me aposentar com 100% ?

Pedrosa: Olá Emerson, o cálculo para aposentadoria será feito da seguinte forma; serão utilizadas 60% de todas as suas contribuições e acrescidos mais 2% a cada ano que ultrapasse os 20 anos de contribuição. Quanto tempo de atividade você possui?  Para mais informações acesse: https://geni.us/Pedrosa

 

Evandro gomes: Sou de Maceió Alagoas , gastaria de sua orientação, eu trabalho como vigilante patrimonial em uma área, hospitalar, como fica minha situação, sobre aposentadoria especial ?

Pedrosa: Olá Evandro, no seu caso você tem o direito a periculosidade normalmente, a aposentadoria especial para vigilante está sendo definida por meio do projeto de lei número 245/2019 no senado federal, estamos aguardando a votação para termos algo mais concreto sobre essa questão de tempo e idade mínima. Quanto tempo de contribuição você possui? Para mais informações acesse: https://geni.us/Pedrosa

 

G

Gilberto silva: Vigilante desarmado terá o mesmo direito, que o vigilante armado?

Pedrosa: Olá Gilberto,  na reforma a proposta do governo era que não se fossem mais considerados especiais esses períodos. Com o vai e vem da reforma decidiram então mudar a proposta e permitir que fossem especiais tanto armado quanto desarmado, porém irá ser analisado mais a questão da categoria de trabalho. O Superior Tribunal de Justiça decidiu suspender todos os processos que envolvem aposentadoria especial para vigilantes, até que decidam esta questão. Estamos aguardando a decisão, você possui quanto tempo de atividade? Para mais informações acesse: https://geni.us/Pedrosa

 

Gilson Luz: Tenho 48 anos de idade 23 anos especial e mais 10 anos comum. Posso converter a especial em comum e pedir aposentadoria. Qual melhor forma para pedir minha aposentadoria?

Pedrosa: Olá Gilson, no seu caso é permitida sim a conversão do período especial em comum pela regra de 1,4. Você sabe como ela funciona? Entre em contato comigo que eu lhe ajudo da melhor maneira. Para mais informações acesse: https://geni.us/Pedrosa

 

H

Herlano Oliveira: Pedrosa tenho 25 anos de vigilante patrimonial mas a prefeitura não reconhece a periculosidade como fica no meu caso?

Pedrosa: Olá Herlano, visto as informações acima, lhe pergunto; você contribui para o fundo previdenciário da prefeitura ou para a previdência social (INSS)? Caso contribua a prefeitura, infelizmente está submetido às regras internas do setor previdenciário municipal. Você pode entrar em contato comigo para que eu possa lhe ajudar! Para mais informações acesse: https://geni.us/Pedrosa

 

I

Irivan Bezerra:  Tenho 49 anos e 24 anos e 10 meses de vigilante quando vou poder me aposentar?

Pedrosa: Olá Irivan! Você pode tentar aposentar-se através da conversão, mas isso só será possível se você tiver algum tempo comum além do especial. Você pode tentar a possibilidade do pedágio também, visto que possui os requisitos do pedágio de 50%. É interessante que faça seu cálculo, pois o mesmo possui muitas variantes, e conferir qual a real possibilidade na sua situação. Você possui apenas esses tempos, ou têm mais alguma contribuição? Sugiro que entre em contato comigo CLICANDO AQUI ou através do número 49 9177-1178, para analisar e ver no que posso te ajudar! Até logo, abraços!

 

Ivete Santos Fernandes: Os salários acima de 1 mínimo de 1994 para frente serão corrigidos monetariamente?

Pedrosa: Olá Ivete, tudo bem? Todos os salários serão corrigidos monetariamente, o Artigo 29-B da Lei 8.213 dispões que os salários-de-contribuição considerados no cálculo do valor do benefício serão corrigidos mês a mês de acordo com a variação integral do Índice Nacional de Preços ao Consumidor - INPC, calculado pela Fundação Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística – IBGE. Quem sabe eu posso te ajudar a ver se há a possibilidade de aposentar-se, você possui quanto tempo de contribuição? Para mais informações acesse: https://geni.us/Pedrosa

 

J

Jalmir Ribeiro: Dr. é o Jalmir eu tenho 16 mais 9 anos.

Pedrosa: Olá Jamir! Caso estiver se referindo a 16 anos de contribuição especial e 9 de comum, mesmo realizando a conversão não é possível alcançar os 35 anos de contribuição da comum. Mas se forem duas profissões especiais completa os 25 anos de contribuição necessário. Esses tempos são de comum ou especial? Claro, é importante dar a entrada antes da vigência da reforma, pois após não será mais possível aposentar-se por tempo de contribuição, tendo como requisito também a idade. Para mais informações acesse: https://geni.us/Pedrosa

 

Jalmir Ribeiro: Dr é o Jalmir soma as duas profissões né.

Pedrosa: Olá Jamir! Caso às duas contribuições sejam especiais, comprovadas através do Perfil Profissiográfico Previdenciário (PPP) e do dos laudos, elas serão somadas, sendo possível solicitar sua aposentadoria. Caso uma seja especial e a outra comum, é interessante analisar a possibilidade da conversão. Quais tempos de contribuição você possui? Para mais informações acesse: https://geni.us/Pedrosa

 

Jalmir Ribeiro: Dr. Pedrosa, eu trabalhei 16 anos como Bombeiro militar, e mais 9 anos de vigilante armado.

Pedrosa: Olá Jamir! Comprovado a periculosidade através do Perfil Profissiográfico Previdenciário (PPP) e do dos laudos, poderá solicitar sua aposentadoria. Como disse que solicitou elas no mês de setembro, agora é só aguardar!  Sua solicitação foi judicial ou administrativa? Para mais informações acesse: https://geni.us/Pedrosa

 

Jociel Pereira de Souza: Tenho 15 anos de vigilante e 11 anos em empresas será que consigo me aposentar com ruídos e especial do vigilante

Pedrosa: Olá Jociel! Caso você consiga comprovar periculosidade e insalubridade através de Perfil Profissiográfico Previdenciário (PPP) e do dos laudos, será possível que aposente-se através dos dois. Sendo assim, você poderia solicitar sua aposentadoria. Você possui apenas esses tempos de contribuição? Posso ver outras possibilidades..  Para mais informações acesse: https://geni.us/Pedrosa

 

Jorge Luiz Noronha: Tenho 18 anos e 4 de serviço aeronáutica tem como somar esse tempo para especial?

Pedrosa: Olá Jorge! Aeronáutica conta como militar, que atualmente não  conta como aposentadoria especial. Se você possuir alguma contribuição comum, podemos ver a possibilidade da conversão. Você possui mais alguma contribuição? Para mais informações acesse: https://geni.us/Pedrosa

 

Jorge Oliveira da Silva: Quero saber quando vão começar a julgar as aposentadoria dos vigilantes na justiça, a minha 3 anos e 5 meses não aguento mais esperar.

Pedrosa: Olá Jorge! O STJ acabou suspendendo todos os processos de aposentadoria especial para vigilantes em todo o país. Os ministros irão analisar 3 recursos especiais e julgar, estabelecendo a mesma decisão para às demais instâncias judiciais. Aguardamos, mas acredito que início do ano que vem já começa a regularizar. Para mais informações acesse: https://geni.us/Pedrosa

 

José Evandro de Mesquita: Vou fazer agora em dezembro 10 anos de trabalho como vigilante, tenho 09 anos em outras áreas... tenho 53 anos de idade…

Pedrosa: Olá José! Infelizmente você não corresponde a nenhum dos requisitos das regras de transição, o certo é aguardar a aprovação do projeto de lei 245/2019 que está no senado para que se veja se será criado uma nova regra de transição. Você não possui mais nenhuma contribuição? Caso tenha alguma, podemos rever essa informação, visto que os cálculos possuem muitas variáveis. Para mais informações acesse: https://geni.us/Pedrosa

 

Josimar Jose Silva: Doutor Pedrosa me chamo Josimar de Recife Pernambuco, sou vigilante minha advogada já deu entrada na aposentadoria, deu 37 anos, convertendo, serei atingido na nova lei.

Pedrosa: Olá Josimar! Você não será afetado pela reforma da previdência, visto que já deu entrada na sua aposentadoria. Acontece que todos os processos estão parados, o STJ acabou suspendendo todos os processos de aposentadoria especial para vigilantes em todo o país. Os ministros irão analisar 3 recursos especiais e julgar, estabelecendo a mesma decisão para às demais instâncias judiciais. Então daqui para frente é só aguardar! Quando você deu sua entrada na aposentadoria? Para mais informações acesse: https://geni.us/Pedrosa

 

Junior Fariasola: Pedrosa sou escolta, essa reforma da previdência altera alguma coisa para nós escolta armada ou seja no geral para a segurança privada?

Pedrosa: Olá Junior! A reforma da Previdência vai alterar em todos os sentidos a Previdência no Geral. O Vigilante deve ficar atento que a regularização das regras de transição ainda está em discussão. Irá depender da luta de todos os Vigilantes. Senão terá que de ir ao regime das novas regras de transição. A PEC paralela ainda não foi votada pelo congresso, porém o relator apresentou o texto onde dá o direito à aposentadoria especial para vigilantes independente do uso de arma de fogo, porém o que irá definir o direito serão as atividades dentro da profissão. Ainda não foram definidas de forma concreta as atividades que terão o direito. Você já possui quanto tempo de contribuição? Para mais informações acesse: https://geni.us/Pedrosa

 

L

Luiz Carlos de Oliveira Rago: Tenho 25 anos de vigilante desarmado

Pedrosa: Olá Junior! Caso você consiga comprovar periculosidade e insalubridade através de Perfil Profissiográfico Previdenciário (PPP) e do dos laudos, será possível que aposente-se através dos dois. Sendo assim, você poderia solicitar sua aposentadoria.

 

Luiz Carlos de Oliveira Rago: É só mais uma dúvida os processos aposentadoria especial estão parados?

Pedrosa: Olá Luiz! O que ocorre é que o STJ suspendeu todos os processos de aposentadoria especial para vigilantes em todo o território nacional. Acontece que os ministros irão analisar 3 recursos especiais e julgá-los, estabelecendo a mesma decisão para às demais instâncias judiciais. Então daqui para frente é só aguardar! Você já deu entrada na sua aposentadoria?  Para mais informações acesse: https://geni.us/Pedrosa

 

Luiz Claudio Duarte: Já tá valendo para o vigilante armado ou não, o acesso a aposentadoria especial?

Pedrosa: Olá Luiz, a aposentadoria especial para vigilante tinha até o mês de outubro um entendimento onde eram considerados especiais os períodos em que se era exercida a profissão de vigilante desarmado. Porém com a reforma a proposta do governo era que não se fossem mais considerados especiais esses períodos. Com o vai e vem da reforma decidiram então mudar a proposta e permitir que fossem especiais tanto armado quanto desarmado, porém irá ser analisado mais a questão da categoria de trabalho. Por fim o Superior Tribunal de Justiça decidiu suspender todos os processos que envolvem aposentadoria especial para vigilantes, até que decidam esta questão. Estamos aguardando a decisão, você possui quanto tempo de atividade? Para mais informações acesse: https://geni.us/Pedrosa

 

M

Manoel Candido: Tenho 25 anos de vigilante e 5 anos de insalubridade,posso transformar os 30 anos em comum ?

Pedrosa: Olá Manoel! Se você possui 25 anos de vigilante e 5 anos de insalubridade não compensa converter para comum, porque já fecha especial, claro, caso você consiga comprovar periculosidade e insalubridade através de Perfil Profissiográfico Previdenciário (PPP) e do dos laudos. É importante que faça isso antes da vigência da reforma, porque depois vai complicar bastante. Então, você já pode solicitar sua aposentadoria. Você já possui o PPP e os laudos? Para mais informações acesse: https://geni.us/Pedrosa

 

Marcelo Mendes: Pedrosa a minha advogada me falou que aposentadoria especial só se conta de 1998 para trás daí pra frente nao entra e verdade isso?

 

Pedrosa: Olá Marcelo! É um equívoco, aposentadoria especial é reconhecida de 1995 até os dias de hoje, através de decisões do STJ. Quanto tempo de contribuição você possui? Para mais informações acesse: https://geni.us/Pedrosa

 

Marcelo Navarro: Quem já deu entrada na aposentadoria especial de vigilante ,aconteça o que acontecer vai ser calculado do modo anterior?

Pedrosa: Olá Marcelo! Quem já deu entrada não haverá alteração para às novas normas, vai continuar tudo como antes da reforma. O que ocorre é que o STJ acabou suspendendo todos os processos de aposentadoria especial para vigilantes em todo o país. Os ministros irão analisar 3 recursos especiais e julgar, estabelecendo a mesma decisão para às demais instâncias judiciais. Aguardamos, mas acredito que início do ano que vem já começa a regularizar. Para mais informações acesse: https://geni.us/Pedrosa

 

Marcelo Santana: Tenho 7 anos em outra área e 12 de vigilante total 19 anos tenho 41 de idade.

Pedrosa: Olá Marcelo, infelizmente você não corresponde a nenhum dos requisitos das regras de transição, o certo é aguardar a aprovação do projeto de lei 245/2019 que está no senado para que se veja se será criado uma nova regra de transição. Você não possui mais nenhuma contribuição? Caso tenha alguma, podemos rever essa informação, visto que os cálculos possuem muitas variáveis. Para mais informações acesse: https://geni.us/Pedrosa

 

Marcílio Viana: A pergunta foi, tenho 22 anos de vigilante e 50 anos de idade, quando eu tiver 25 anos de vigilante e 60 anos de idade, vou poder aposentar com com 100%?

Pedrosa: Olá Marcílio! Na verdade esse fator de possuir 25 anos de contribuição e 60 anos de idade, é a norma da reforma da previdência. Para aposentar-se com 100%, serão utilizadas 80% de todas as suas contribuições e acrescidos mais 2% a cada ano que ultrapasse os 20 anos de contribuição. Você possui algum tempo de contribuição comum? Caso tenha, é possível converter esse valor de especial em comum, e somar com o restante. Lembrando que isso só é possível antes da reforma da previdência. Para mais informações acesse: https://geni.us/Pedrosa

 

Marcio Gleico: Pedroza eu tenho 21 anos de vigilante esse tempo vai somar com mais 40%?

Pedrosa: Olá Marcio! Não compreendi muito bem seu questionamento. Como você possui 21 anos atuando como vigilante, mas possui alguma outra contribuição comum? Caso possua, seria interessante fazer a conversão da especial em comum, e somar ao final para ver a possibilidade. E quantos anos você têm?  Para mais informações acesse: https://geni.us/Pedrosa

 

Mardoke Soares da Silva: Dr pedrosa lhe faço uma pergunta! Tenho 13 anos na vigilância pode converter esse tempo pela regra 1.4 para pedir aposentadoria comum?

Pedrosa: Olá Mardoke! Você teria que multiplicar 1.4 (homens) ou 1.2 (mulheres) pelo tempo de contribuição especial, para somar com mais alguma contribuição comum, e chegar na quantia necessária para aposentar-se por tempo de contribuição. (30= Mulheres e 35=Homens). Você possui algum tempo de contribuição comum? Para mais informações acesse: https://geni.us/Pedrosa

 

N

 

Nelson Souza: Tenho trinta anos de contribuição somando 16 com de vigilante e 54 anos,eu já posso dar entrada pra aposentar com cem por cento?

Pedrosa: Olá Nelson! O correto é você fazer a conversão do seu tempo especial como vigilante, comprovando através de Perfil Profissiográfico Previdenciário (PPP) e do dos laudos, e somar com o restante comum. Se você possui 16 anos como vigilante, e 14 anos comum, você já possui o tempo necessário para aposentar-se através de tempo de contribuição comum. Quanto exatamente você possui de tempo de contribuição comum? Para mais informações acesse: https://geni.us/Pedrosa

 

Nemias Reiso: vigilante que tem 22 anos de serviço tem que trabalhar até quando

Pedrosa: Olá Nemias! Você possui apenas 22 anos de tempo comum ou especial? E têm mais alguma contribuição? A nova regra da previdência dispõe que é necessário ter 25 anos de contribuição especial, e além disso 60 anos de idade. Por isso é importante conferir suas contribuições corretamente para não ter que aguardar a vigência da reforma da previdência. Para mais informações acesse: https://geni.us/Pedrosa

 

O

Olivio de Jesus: Pedrosa meu nome e olivio sou vigilante a 24 anos e tenho mais 4 anos em outras funções e estou com 51 anos que regra de transição eu me enquadro para me aposentar?

Pedrosa: Olá Olivio! Você cabe tanto na regra de transição do pedágio, quanto na própria conversão da especial em comum para somar com as demais, e aposentar-se por tempo de contribuição. Claro, comprovando a especial através de Perfil Profissiográfico Previdenciário (PPP) e do dos laudos. Essas outras funções não contam como especial? Para mais informações acesse: https://geni.us/Pedrosa

 

Osmaldo Ribeiro da Silva Ribeiro: Tem possibilidade da aposentadoria por risco ser readequado na câmara dos deputados e idade mínima cair?

Pedrosa: Olá Osmaldo, existe essa possibilidade sim! Porém ainda está sendo discutido o projeto de lei 245/2019 no senado que pode ser retirada essa questão da idade mínima no próprio senado antes de ir para a câmara. Estamos torcendo para que retirem no senado mesmo essa injustiça com os vigilantes! Para mais informações acesse: https://geni.us/Pedrosa

 

Osmaldo Ribeiro Da Silva Ribeiro: Pedrosa eu tenho 24 de vigilante e 1 ano de militar já posso dar entrada na aposentadoria? Tenho 53 de idade.

Pedrosa: Olá Osmaldo! O tempo de serviço militar não entra como aposentadoria especial, mas você pode converter esses valores e transformar em aposentadoria por tempo de contribuição. Você possui mais alguma contribuição comum? Caso não possua, ainda assim você entra na regra de transição, com o pedágio de 50%. Para mais informações acesse: https://geni.us/Pedrosa

 

P

Paulo Sérgio: Será que essa reforma atinge ou diminui o salário de quem já está em benefício, porque estou a 3 anos em auxílio doença e estou com medo!

Pedrosa: Olá Paulo, no seu caso como você já está em auxílio doença, não será atingido pela reforma até o fim do seu benefício. Caso acabe o seu auxílio doença e você entre com o pedido de um novo, ai sim o valor do seu benefício será afetado pela reforma. Para mais informações acesse: https://geni.us/Pedrosa

 

R

Regina Goretetá: Podemos  converter ainda o tempo especial em comum?

Pedrosa: Olá Regina, de acordo com art. 70 do Decreto 3.048, é possível a conversão dos períodos especiais para comum para que o segurado possa se aposentar pela Aposentadoria por Tempo de Contribuição. Ocorre que essa questão poderá ser alterada  com a promulgação do projeto de Lei 245, que está para votação no Senado.  Para mais informações acesse: https://geni.us/Pedrosa

 

Reinaldo Barbosa:  Dr Trabalhei em uma empresa , e a mesma errou a data de saída ao preencher o PPP, está com um dia de diferença da data em que realmente sai, pode ocorrer algum problema?

Pedrosa: Olá Reinaldo,  como a diferença é ínfima não será prejudicado, lógico que não está correto, mas não altera em nada na validade do documento. Para mais informações acesse: https://geni.us/Pedrosa

 

Ricardo Alencar: Professor tenho 24 anos e meio de vigilante e 49 anos como fica minha transição de aposentadoria.

Pedrosa: Ricardo, você poderá  fazer o calculo previdenciario para verificar se não possui mais algum vínculo que possa ser somado aos 24 e meio que possui,  seria o melhor caminho, pois a depender do resultado você poderá dar entrada no pedido de aposentadoria especial e conseguir a aposentadoria  especial sem fator previdenciário. Para mais informações acesse: https://geni.us/Pedrosa

 

Roberto Carlossó: Quero saber dá aposentadoria especial, como ficou?

Pedrosa: Caro Roberto,  hoje a aposentadoria especial permanece sem alterações, ao menos até a data da promulgação do projeto de lei que implementou novas regras que estão para votação no senado.  Acreditamos que a promulgação vai acabar ficando para início de 2020. As alterações preveem a idade mínima de 60 anos além dos 25 anos de atividade para a área da segurança privada e demais atividades periculosas, essa é apenas uma das mudanças pois existe a possibilidade de mudança no texto até a votação final. Para mais informações acesse: https://geni.us/Pedrosa

 

Roberto Ferreira: Dr. Pedrosa eu estou preocupado com esta decisão do STJ de suspender todas as aposentadorias dos vigilantes que já estão em andamento na justiça federal de todo Brasil, será que isto não pode prejudicar os vigilantes.

Pedrosa: O colegiado suspendeu a tramitação dos processos individuais ou coletivos que tratem da questão em todo o território nacional – inclusive no sistema dos juizados especiais federais – até o julgamento dos repetitivos e a definição da tese que deverá ser observada pelas demais instâncias. Essa questão poderá trazer benefícios a categoria, mas também aderir algumas regras mais severas que poderão tornar a concessão da aposentadoria especial por periculosidade  mais difícil. Para mais informações acesse: https://geni.us/Pedrosa

 

Roberto Santos: Estou com 23 anos e 2 meses, vou pegar regra de transição e o pedágio vai ter,ou tem que ter a idade ?

Pedrosa: Roberto,  aos 23 anos é possível entrar no pedágio sim, porém o correto seria você fazer uma análise detalhada da sua situação para que verifique em qual das regras  você receberia o melhor benefício. Para mais informações acesse: https://geni.us/Pedrosa

 

Robson Laje:  Dr. Pedrosa, sou de São José da Laje,  possuo 11 anos de vigilante e pretendo  aposentar-me  com 49 anos, como ficaria com a nova regra?

Pedrosa: Olá Robson, primeiramente será necessário efetuar o cálculo previdenciário para que verifique quanto tempo realmente possui, e assim consiga verificar em uma análise detalhada  qual o melhor benefício para você. Pois para obter essa informação é necessário verificar todos seus vínculos especiais e comuns que possui até o momento.Para mais informações acesse: https://geni.us/Pedrosa

 

Rubens Pereira: Eu entendi q o vigia não tem direito a aposentadoria especial mas tem direito a periculosidade, seria isso?

Pedrosa:Olá Rubens, Primeiramente, insta esclarecer que é muito comum a confusão em relação às profissões de vigia e vigilante. A maioria das pessoas acredita que são sinônimos. Grande equívoco!!são as duas profissões diferentes e regulamentadas na legislação. Inclusive, a confusão existente sobre as profissões em análise empolga muitos vigias a postularem, no Judiciário Trabalhista, direitos destinados aos vigilantes. A diferenciação entre as referidas profissões é muito importante, visto que os trabalhadores que atuam na área de vigilância ficam expostos a maiores riscos, razão pela qual são destinatários de determinados direitos e benefícios que não são alcançados aos meros vigias.Ou seja, os VIGIAS não têm direito ao pagamento de adicional de periculosidade previsto na legislação desde o final de 2.012, ao passo que suas atividades não são atinentes a vigilância e segurança, mas, sim, a asseio e conservação. Para mais informações acesse: https://geni.us/Pedrosa

 

S

Sidney Cleiton: Eu era vigilante e passei para inspetor e meu PPP como inspetor e armado.

Pedrosa: Olá Sidney, você poderá somar as duas atividades como especial, vai depender da especificação do PPP, mas acredito que poderá somar as duas atividades como especial sim. Isso dependeria de uma análise da sua documentação.Para mais informações acesse: https://geni.us/Pedrosa

 

V

Valdeci Miguel nunes: Para quem já tinha pedido a aposentadoria especial?

Pedrosa: Valdeci, para quem já deu entrada no pedido de aposentadoria  permanecem as mesmas  regras até a promulgação do novo projeto de Lei, as novas regras a serem apresentadas só serão válidas para novos processos a partir da promulgação.Para mais informações acesse: https://geni.us/Pedrosa

 

W

Wemerson Rodrigues dos Santos: A periculosidade vai continuar em 30%.

Pedrosa: Wemerson, a periculosidade permanece em 30% sim, só haverá alteração para o novo projeto verde e amarelo, para a categoria dos vigilantes essa regra não se aplica.Para mais informações acesse: https://geni.us/Pedrosa


Z

Zamith Morett: Pedrosa as empresas que trabalhei já faliu como faço para pegar os PPP.

Pedrosa: Zamith, antes de mais nada, procure o Sindicato da categoria! Normalmente ele possui informações sobre as empresas, síndicos, documentação e poderá te informar a maneira mais fácil de conseguir a documentação da empresa.
Além disso, alguns sindicatos podem inclusive emitir o PPP (caso comum para os vigilantes).Para mais informações acesse: https://geni.us/Pedrosa

 

Para mais informações acesse: https://geni.us/Pedrosa

 

>>>>>ACESSAR ESCRITÓRIO ONLINE<<<<<

 

 

COMPARTILHE NAS REDES SOCIAIS


Fale Comigo!
WhatsApp

Receba novidades

Canal do Youtube

 

Instagram

/Pedrosa Previdência

Curta Nossa Página