(49) 9 9132-0090    contato@pedrosaprevidencia.com.br

CONTATE O ESCRITÓRIO ONLINE!

Vigilantes

  • Vilson Pedrosa
  • 19 de agosto de 2020

600 MIL PERÍCIAS DO INSS ESTÃO PARALISADAS, O QUE FAZER?

Olá! 

 

Eu sou o Pedrosa especialista nas questões que afetam o vigilante! 

 

Você está sofrendo na fila virtual do INSS esperando a solução do seu pedido de auxílio doença ou aposentadoria por invalidez?

 

Fique comigo e saiba tudo a respeito deste importante tema previdenciário. 

 

Antes de ir ao tema, convido você a fazer parte da minha audiência que é conectada e informada porque recebe conteúdos relevantes e consistentes todo santo dia!

Não é inscrito em nosso canal no Youtube? 

 

Clique aqui e inscreva-se > >> CANAL do YOUTUBE <<

 

- Você que já faz parte da minha comunidade de guerreiros e guerreiras determinados a serem diferenciados pelo conhecimento, minha gratidão pela parceria!


 

Vamos ao tema de hoje: 600 mil pedidos de perícia médica estão emperrados no INSS.

 

Você sabe que o atendimento presencial foi suspenso por causa da pandemia desde março e o atendimento on line não está funcionando.

 

A alternativa criada de validar o atestado médico pelo aplicativo e receber uma antecipação de um salário mínimo não está tendo efetividade e a cada dia aumenta a fila dos trabalhadores que aguardam a dita solução. 

 

Entre estes, muitos vigilantes!

 

Existe possibilidade deste problema ser resolvido a curto prazo?

 

- Considerando as condições atuais da pandemia, a promessa é para setembro retomar as periciais presenciais. 

 

Agora imagine o tempo que vai levar para realizar todas estas 600 mil perícias, considerando que deve ser observado todos os procedimentos para  evitar o contágio pelo coronavírus!

 

- Qual a solução?   

 

Dos 600 mil da fila de espera, segundo o Conselho Nacional de Justiça, 180 mil já entraram com processo contra o INSS. 

 

Na justiça, a preocupação é muito grande pois pode também ficar com uma fila enorme igual ao do INSS. 

 

Há uma negociação para que o Conselho Federal da Medicina autorize a perícia feita de forma virtual com base nos exames, atestados e entrevista do médico perito com o paciente. 

 

É a chamada telemedicina que foi autorizada para o período de pandemia para as consultas médicas mas não para perícias.

 

Não é possível que as pessoas que dependem deste auxílio fiquem sofrendo restrição material que inviabiliza a própria manutenção e até de remédios sem que o INSS resolva essa questão.

 

Os casos mais graves, nos quais é possível apresentar documentos ao Juiz demonstrando o perigo da demora e os indicativos do direito, a Justiça tem concedido tutela antecipada, determinando a implantação do benefício de forma liminar até julgamento final do processo.

 

Você tem alguma dúvida relacionada com esta questão? 

 

Tem alguma dificuldade?

 

Sem problemas, use o link abaixo e envie, que irei te ajudar.

 

 

 

 

 

Me ajude a fazer esta mensagem chegar em mais pessoas que estejam com este problema. 

 

É fácil, Compartilhe nosso conteúdo, assim aumenta a relevância do Post onde ele é mostrado automaticamente para mais vigilantes!

Seja vigilante, seja atuante!

 

Te espero no próximo Post!

 

 

COMPARTILHE NAS REDES SOCIAIS


FALE COMIGO!
TELEGRAM
Fale Comigo!
WhatsApp

Receba novidades

Canal do Youtube

 

Instagram

/Pedrosa Previdência

Curta Nossa Página