(49) 9 9132-0090    contato@pedrosaprevidencia.com.br

CONTATE O ESCRITÓRIO ONLINE!

INSS

  • Vilson Pedrosa
  • 25 de agosto de 2020

DECRETO DIMINUI VALORES ATRASADOS DO INSS: VEJA COMO NÃO TER PREJUÍZO

Olá!  

 

- NOVA REGRA DIMINUI OS VALORES ATRASADOS DE BENEFÍCIOS PREVIDENCIÁRIOS: 

 

Veja nesse Post como não perder os valores atrasados do seu pedido administrativo no INSS e ter prejuízo.


 

Antes de ir ao assunto, se está chegando agora aqui no canal, seja bem vindo, seja bem vinda!

 

Ao Blog PEDROSA PREVIDÊNCIA, somos especializados nas demandas que afetam o vigilante. 

 

Você quer ser um profissional diferenciado pelo conhecimento? 

 

Então, acompanhe os mais de 73 mil guerreiros e guerreiras e Inscreva-se em nosso Canal do Youtube > >> CANAL do YOUTUBE <<


 

Chega de conversa, vamos direto ao ponto:

 

- Em julho saiu novo decreto que alterou uma regra importante que afeta  você diretamente.

 

O INSS criou uma regra que reduz os valores atrasados de benefícios.

 

Antes, quando o vigilante pedia auxílio doença, por exemplo, e o INSS demorava 4 meses para analisar e deferir, os valores era, contabilizados desde a chamada DER.

 

Data de entrada no requerimento. 

 

Pela nova regra, quando o INSS precisar solicitar documentos necessários para a conclusão da análise do pedido, a data em que começa  a contabilizar  valores atrasados passa a ser a data em que o vigilante entregou a documentação complementar, não importando o tempo em que o processo esteja com o INSS. 

 

- Dito de outra maneira, essa mudança pode significar uma redução nos valores atrasado de muitos meses de benefício, pois o INSS geralmente leva longo período para analisar e solicitar cumprimento de exigência. 

 

Eu até acho que com essa regra, o INSS vai demorar muito mais tempo ainda porque sabe que sua demora não vai gerar valores atrasados!

 

- Agora você deve estar pensando: O QUE FAZER PARA NÃO TER ESSE PREJUÍZO? 

 

Só tem um jeito: apresentar o pedido mais completo possível, com toda a documentação exigida conforme o tipo de benefício que se se pretende, não dando margem para o INSS expedir cumprimento de exigência.

 

E tem um detalhe importante. 

 

A necessidade de cumprir exigência pode resultar em prejuízo maior caso o vigilante não consiga entregar a documentação exigida pelo INSS! 

 

De acordo com a nova regulamentação, o INSS não considera que há obrigação de analisar o direito do segurado que não cumpre exigência considerada fundamental pelo INSS para analisar o pedido. 

 

Nesses casos, o pedido administrativo vai ser cancelado.

 

Se ocorrer esse fato, o benefício é cancelado e não há contagem de valores atrasados, tendo que o vigilante realizar um novo pedido.

 

- Esta nova regra é cruel e com certeza será usada em grande escala pelo INSS com reflexos inclusive nos processos judiciais.

 

Essa nova realidade demanda que o vigilante busque orientação antes de realizar qualquer pedido de benefício no INSS para não ter prejuízo de dinheiro e de tempo.  

 

Necessita de alguma orientação para não ter prejuízo e ganhar tempo? 

 

Use o link do atendimento on line abaixo, preencha seus dados e me envie, vou te ajudar! 

 

 

 

 

Achou útil esta informação? 

 

Então não fique com ela, envie para as pessoas de seu relacionamento profissional e familiar. 

 

Seja um ser da luz, ajude as pessoas com informações relevantes!

 

Seja vigilante como sempre e atuante como nunca! 

 

Te encontro no próximo Post!

 

 

COMPARTILHE NAS REDES SOCIAIS


FALE COMIGO!
TELEGRAM
Fale Comigo!
WhatsApp

Receba novidades

Canal do Youtube

 

Instagram

/Pedrosa Previdência

Curta Nossa Página